/ dados

Mineração de dados e inteligência competitiva

Mineração é o ato de explorar o solo em busca de elementos valiosos que ficam escondidos na vastidão do interior da terra. Os depósitos destes elementos estão envoltos em outras substâncias que precisam ser eliminadas para que se chegue ao material que interessa a vários tipos de indústria. Para se chegar até o petróleo em camadas profundas da terra, por exemplo, é preciso cavar enormes poços, bem como são necessários milhares de trabalhadores escavando as minas para se encontrar um pedaço de ouro.

Estranhou o primeiro parágrafo? Saiba que este trabalho de exploração e descarte acontece também na mineração de dados. O processo consiste em uma busca bastante específica em um extenso banco de dados, que pode ser comparado ao tamanho do solo disponível no planeta. Seguindo o raciocínio, os resultados desta busca também precisam ser tão certeiros como em uma mina de ouro. Afinal de contas, não vale confundir o metal precioso com um tipo qualquer de minério.

Assim como os mineradores, os algoritmos do processo de mineração de dados coletam estrategicamente as informações relevantes dentro de um grande acervo de dados. Combinando aprendizado da máquina, análise estatística, técnicas de modelagem e tecnologia de bancos de dados, a mineração é capaz de detectar padrões e relacionamentos entre as informações e permite, assim, uma previsão de como elas se relacionam na prática.

O processo tem sido usado no mercado como um forte aliado da Inteligência Competitiva (IC). A IC é um sistema de análise estratégica e monitoramento contínuo dos cenários em que a empresa está inserida, com o intuito de fazer com que ela possa elaborar seus próximos passos baseada em informações certeiras.

Como funciona a mineração de dados?

A mineração possibilita análises a partir de dados brutos para oferecer um padrão que poderá ser observado, como uma previsão de comportamentos e resultados futuros. Um exemplo prático de mineração de dados é o da busca por candidatos a uma vaga de emprego: em um banco de currículos, o processo irá selecionar aqueles que são ideais para a função, analisando as minúcias do conteúdo de cada formulário preenchido e arquivado, peneirando respostas e cruzando informações próximas para fornecer uma busca refinada.

A mineração é dividida em quatro etapas. Tudo começa com a análise do problema, na qual é definido o objetivo daquela busca. Depois, há a preparação dos dados na qual é escolhido o banco que será utilizado, as informações e os padrões a serem procurados, quais comportamentos da informação que serão levados em consideração e a efetiva seleção dos dados a serem apresentados. As respostas obtidas são modeladas e ocorrem então as etapas de análise e validação dos resultados.

A mineração a favor da Inteligência Competitiva

A mineração de dados é um processo criado para amparar a Inteligência Competitiva de uma determinada empresa, atuando como um sistema de apoio às decisões estratégicas. Baseado nas informações moduladas fornecidas pela busca, um gestor é capaz de formar cenários, monitorar a concorrência e prever comportamentos daqueles que lidam com questões pontuais no mercado.

A IC é baseada em buscas e comparações de informações que dizem respeito à área de atuação da empresa. É por este motivo que a mineração, com sua pesquisa profunda e certeira de informações relevantes em cenários abundantes, é considerada uma poderosa arma na elaboração de estratégias de ações empresariais. Deste modo, é possível mapear a concorrência, os clientes e os investidores e, a partir da ação, gerar estrategicamente as informações para embasar decisões. Como a mineração de dados permite que os comportamentos sejam previstos, a gestão ainda pode se antecipar às modificações do mercado e prever suas tendências. Interessante, não é?

Quando o assunto em pauta é a mineração de dados e a IC, temos mais um exemplo de como a aplicação da tecnologia é condição essencial ao assumirmos uma posição competitiva e estratégica, sendo capaz de gerar dados e prever ações para que as empresas estejam sempre alinhadas com aquilo que existe de mais novo - e eficiente - disponível atualmente.

Mineração de dados e inteligência competitiva
Compartilhe isso