Lawtech e legaltch: saiba os seus impactos na rotina do advogado

Startups são um fenômeno internacional de empresas inovadoras, que investem em tecnologia para solucionar algum problema em algum setor da economia. Por exemplo, no setor de finanças, existem as fintechs e, no setor jurídico, as lawtechs e legaltechs.

Essas empresas desenvolvem soluções para facilitar a rotina de escritório de advocacia. Para isso, conectam pessoas ao Direito, mudando gradativamente a forma de atuação do poder Judiciário.

Acompanhe este texto conheça o que são as lawtechs e legaltechs, e as soluções que elas apresentam ao mercado. Confira!

O que significa os termos lawtech e legaltech?

Vamos começar entendendo o significado dos termos lawtech e legaltech. Destrinchando essas palavras, temos "law" e "legal", que querem dizer lei e jurídico, do inglês. Já a palavra tech quer dizer tecnologia.

Dessa maneira, lawtech e legaltech dizem respeito à mesma coisa: são empresas que desenvolvem tecnologias aplicáveis ao meio jurídico. Elas têm foco em explorar as deficiências do meio jurídico, oferecendo rotinas mais eficientes e ferramentas para subsidiar melhores tomadas de decisões.

Quais soluções lawtechs e legaltechs oferecem?

Agora que você entendeu que os termos lawtech e legaltech têm o mesmo significado, vamos conhecer as soluções criadas por essas empresas que impactam positivamente a rotina dos escritórios de advocacia. Veja, a seguir.

Escritório de advocacia digital

Um escritório de advocacia digital é aquele que faz atendimento de maneira remota e online. As informações geradas por esse tipo de escritório são armazenadas totalmente em meio digital. Essa novidade tecnológica só foi possível graças a visão empreendedora das lawtechs e legaltechs.

O escritório advocacia digital é, portanto, uma versão modernizadora do que conhecemos hoje como trabalho remoto, o qual tem sido adotado na pandemia de 2020. Mas é importante frisar que o escritório digital pode ser uma realidade que veio para ficar, já que ele oferece benefícios a longo prazo.

Por exemplo, esse tipo de escritório permite a flexibilização dos processos pelo fato dos dados estarem disponibilizados em nuvem. Com isso, o advogado tem mais versatilidade para acompanhar os processos em andamento em qualquer momento e de qualquer lugar.

Além disso, esse modelo permite a centralização e a segurança da informação, características mais vantajosas sobre o ponto de vista da morosidade do modelo de armazenamento físico, que é mais vulnerável a extravio ou perdas.

Com o escritório de advocacia digital, as informações são criptografadas e podem exigir também senha de acesso.

Robôs jurídicos

Assim como os escritórios de advocacia, os tribunais de justiça têm adotado as soluções de lawtech e legaltech voltadas para o setor jurídico. É o caso do robôs jurídicos. Trata-se de uma inovação exclusiva das lawtechs e legaltechs.

Por exemplo, é possível encontrar no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte um robô capaz de realizar a execução fiscal e a penhora de bens.

Os robôs jurídicos também trazem eficiência para os escritórios de advocacia. O uso de uma API de coletas de dados públicos permite procurar informações em tempo real. Além disso, é possível fazer o armazenamento dessas de maneira a forjar uma base de dados qualificada.

Gestão de departamentos jurídicos

O departamento jurídico é uma das áreas mais sensíveis e importantes das grandes empresas. Frequentemente, esse setor lida com alto volume de informações, faz gerenciamento de processos e equipes de alta performance.

Portanto, quanto melhor o desempenho departamento jurídico, mais eficiente vai ser o negócio. É nesse contexto que surgem os softwares de gestão para escritórios e departamentos jurídicos.

Essas tecnologias criadas por lawtechs e legaltechs ajudam aumentar a produtividade, pois centralizam as atividades e permitem o seu monitoramento em tempo real.

Conteúdo jurídico e consultoria

Manter-se atualizado no ramo do Direito é uma maneira de aumentar a capacitação da equipe que trabalha no escritório. Mas nem sempre as notícias são pensadas para ser lidas por advogados.

Tentando resolver esse problema, há lawtechs e legaltechs que oferecem conteúdo jurídico e consultoria especializada. É o caso, por exemplo da lawtech JusBrasil, que oferece informações de interesse da área jurídica, além de prestar serviços de assessoria e consultoria.

Jurimetria

Para dar conta do grande volume de informações jurídicas e trabalhá-lo de maneira qualificada surgiu a tecnologia jurimetria. Trata-se de uma outra inovação advinda das lawtechs e legaltechs, que consiste na mensuração de informações a partir de dados jurídicos.

A jurimetria é uma aplicação dos conhecimentos da estatística na área do Direito. Esse tipo de estratégia pode ser aplicada de várias maneiras, por exemplo, na elaboração de uma inteligência empresarial.

Ou seja, a jurimetria auxilia o escritório a formular análises descritivas e mais aprofundados a respeito das matérias do direito. Por meio da análise desses dados de maneira estratégica é possível aumentar consideravelmente a chance de sucesso nos processos judiciais.

Rede de profissionais jurídicos

Com o advento das redes sociais, ficou evidentemente mais fácil se conectar com outras pessoas. No entanto, nem sempre essas redes permitem o contato entre usuários com interesses em comum.

Já pensou como a tecnologia pode aproximar profissionais do Direito? Isso existe graças à lawtech Jurídico Certo. Essa empresa criou a iniciativa que permite encontrar advogados e correspondentes jurídicos em todo o país.

Classificação de dados jurídicos

A documentação de processos judiciais necessita ser organizada e categorizada. Com isso, o escritório de advocacia consegue reter as informações mais importantes. Nesse sentido, a tecnologia, graças ao avanço dos estudos feitos por lawtechs e legaltechs, tem evoluído ao ponto de fazer classificação dos andamentos judiciais de com automação.

Com a utilização de tecnologia api, é possível, classificar os polos do processo judicial. Isso sana a dificuldade em achar diversas nomenclaturas espalhadas pelo processo. Por exemplo, é possível adicionar as informações que cobrem todas as possibilidades processuais, tanto de terceiros quanto por juiz ou desembargador.

Essas foram informações sobre lawtech e legaltech. É importante destacar que buscar o aperfeiçoamento dos serviços realizados por advogados é uma maneira de tornar a rotina mais simples e otimizada. Dessa forma, não tenha medo de utilizar a tecnologia para melhorar a performance do seu escritório de advocacia.

Quer receber diretamente em seu e-mail mais informações como estas? Assine a nossa newsletter!

Lawtech e legaltch: saiba os seus impactos na rotina do advogado
Compartilhe isso