Big Data e o marketing nas redes sociais: entenda a influência

Nos últimos artigos, temos focado nos grandes impactos do Big Data e suas influências em setores diversos da sociedade. Saúde, ciência, tecnologia e aumento da taxa de conversão por parte das empresas através da personalização cada vez mais apurada do atendimento ao consumidor são algumas das áreas que já estão usufruindo dos benefícios desta ferramenta.

Grande parte deste complexo e gigantesco banco de dados denominado Big Data pode ser representada pelo imensa coleção de informações geradas todos os dias pelas mídias sociais - o volume de dados produzidos por redes como Twitter, Facebook e Pinterest, em uma velocidade assustadora, forma um imenso volume de dados de grande utilidade para estratégias de marketing e definição do perfil do público-alvo de empreendimentos diversos.

Mas afinal, como todo este volume de conteúdo pode ser processado para identificar os dados mais relevantes e empregá-los para a tomada das melhores decisões? Com o intuito de fornecer a resposta, plataformas de análise de dados têm sido desenvolvidas para, dentre diversos outros objetivos, transformar a maneira como as redes sociais podem ser aplicadas para hospedar estratégias de publicidade cada vez mais eficientes e aumentar o rendimento das empresas.
Previsão de comportamentos futuros

Antes do Big Data, a previsão do comportamento dos clientes no meio digital era baseada no histórico de cliques, sites visitados e downloads realizados, por exemplo. As informações captadas neste caso, no entanto, não eram suficientes para garantir a exatidão das previsões.

Com o advento do Big Data e suas funcionalidades, as informações dos clientes passaram a poder ser captadas por meio de fontes diversas, com papel de destaque para as redes sociais. Com crescente aderência de público e frequências de acesso, estas mídias se consolidam como canais eficientes de geração de dados úteis para companhias de todo o mundo. A coleta de dados nestes portais habilita a descoberta de padrões que podem auxiliar a prever o comportamento de compra com grande precisão. Os insights proporcionados pelas informações pode, ainda, colaborar para a formulação de novos serviços e mercadorias rentáveis para sua empresa.
Criação de conteúdo personalizado: grande vantagem para a atração e retenção de clientes

A análise do grande volume de dados produzidos pelas redes sociais todos os dias também têm o poder de identificar tendências e descobertas relevantes para os mercados de atuação diversos. Com o estudo dos dados fornecidos pelo público de interesse nas mídias, é possível elaborar mensagens altamente direcionadas e segmentadas que irão realmente atingir os consumidores de determinada marca de forma direta, personalizada, com baixa margem de erro.

Neste sentido, as empresas que fazem uso das possibilidades do Big Data nas redes sociais para seu marketing digital potencializam as chances de converter, alcançando melhores resultados. Isto se dá principalmente porque as pessoas respondem melhor às campanhas publicitárias qualificadas que dizem respeito àquilo que elas se interessam, compartilham e mencionam em seus perfis sociais na web. A estratégia da personalização das ofertas, de fato, é um grande trunfo na jornada para captar consumidores potenciais para um negócio - e o Big Data, associado às mídias sociais, se encaixa como uma luva na concretização do processo.
Foco na individualidade do cliente

Com a fonte restrita de dados da qual usufruíamos anteriormente, os públicos geralmente eram classificados e segmentados de acordo com dados vagos como localização geográfica, idade e estado civil. Antes do boom da evolução da informação, acreditava-se que estas características poderiam traçar um perfil satisfatório dos consumidores, prevendo um mesmo padrão de comportamento de compra para quem se encaixava nestas categorias.

Com o incremento das ferramentas de análise de dados e a geração de uma quantidade absurda de novas informações através das redes sociais, sabe-se hoje que é necessário - e possível - considerar inúmeras outras especificidades que auxiliam na formulação de um segmento a ser atraído para o negócio.

A individualidade do cliente, neste sentido, é palavra de ordem - através de dados cada vez mais afunilados, pode-se partir para a referida - e eficiente - personalização das campanhas de marketing, o que representa um diferencial inestimável para as empresas na corrida por se destacarem no mercado e oferecerem o que há de mais interessante e direcionado na experiência de compra e na divulgação dos seus produtos.

Sim, sabemos que promover uma excelente divulgação dos seus produtos e serviços é estratégia fundamental para o sucesso - mas você já sabia que os recursos do Big Data poderiam te ajudar tanto no campo do marketing digital? Associando o que há de mais novo e eficiente da área da tecnologia à expansão extraordinária das redes sociais verificada nos dias de hoje, o conceito é capaz de revolucionar as bases da publicidade convencional e elevar sua empresa ao patamar do futuro.

O que está esperando para dar uma chance à ferramenta, procurar um serviço especializado em web crawling para obter os dados necessários e personalizar suas ofertas?

Big Data e o marketing nas redes sociais: entenda a influência
Compartilhe isso