/ bigdata

Big Data: saiba quais são os novos rumos

O crescimento do número de informações que os usuários da Internet geram todos os dias tem alimentado não apenas algoritmos de coleta destes dados, como o Hadoop, mas a mente de uma porção de engenheiros de software ao redor do mundo em busca de melhores produtos, serviços e equipamentos para o futuro.

O Big Data, conceito que nomeia este acúmulo de gestão de dados, tem sido um dos temas mais comentados por especialistas de tecnologia. Para o futuro, espera-se que a discussão amadureça com o intuito de otimizar e lançar aplicações realmente úteis para o dia a dia das pessoas e das empresas.

Quer saber quais são os mais novos rumos do Big Data e as expectativas do conceito para o futuro? Vem conferir!

A evidência da tecnologia

Ainda que o conceito tenha se firmado nos últimos anos, é a partir de agora, e em um futuro recente, que o Big Data realmente entrará em evidência como uma tecnologia necessária para apoiar todos os tipos de serviços na web, principalmente aqueles do tipo software as a service (SaaS). Isto significa que as empresas devem começar a repensar sua estrutura de coleta e gestão de dados e evoluir para algo mais metódico, em um sistema que possa ser oferecido como diferencial para os seus consumidores.

A chamada "gestão de sucesso do cliente", neste sentido, estará cada vez mais presente através do Big Data, mas apenas para aquelas empresas que tiverem a acertada percepção para reconhecer a tecnologia como algo útil para o seu negócio.

A qualidade como meta

Pode-se considerar que a busca desenfreada pelo acúmulo de dados gerou um nível considerável de ruídos em meio ao sinal que o Big Data pode emitir. Muitas aplicações que fazem uso do conceito como base não sabiam ao certo, e ainda não sabem, como tirar proveito de tanta informação.

A partir de agora, acredita-se que o Big Data começará a ter como foco central a qualidade dos dados. Velocidade, volume e variedade ainda serão importantes, mas a grande diferença é que elas já não podem mais estar presentes sem qualidade. Na prática, isto significa que os algoritmos precisam ser mais otimizados e eficientes, além de aprimorados na maneira como se atualizam e evoluem diante do crescimento dos dados.

Aplicações para o marketing

Ferramentas de análise já são populares na Internet, com destaque especial para o Google Analytics. Ainda assim, é provável que os próximos anos sejam promissores para plataformas que adotem uma abordagem mais qualitativa dos seus dados.

Neste sentido, mesmo que o Analytics seja capaz de nos fornecer uma visão total dos dados dos nossos usuários, ainda é tarefa complexa relacionar algumas destas informações com ações efetivas de marketing. Diante deste cenário, espera-se que o Big Data ajude a esboçar um novo rumo no trato destes dados, fazendo com que isto, inclusive, possa influenciar diretamente a publicidade digital, a oferta de promoções e até mesmo o comportamento do consumidor.

O papel do gestor de dados

Se a tecnologia deve evoluir, é natural que os profissionais que trabalham na sua criação também façam o mesmo. O mercado tende a valorizar cada vez mais o papel do gestor de dados, tornando este cargo um dos mais importantes para a construção de estratégias sólidas de Big Data.

Para o profissional, será necessário mesclar conhecimentos de tecnologia com um profundo entendimento sobre o comportamento dos usuários, principalmente em relação ao consumo, uma das áreas mais impactadas e que apresentam melhores resultados através da aplicação do Big Data. Assim, a tendência é que a gestão de dados seja tratada como um diferencial competitivo, e não mais como um mero departamento técnico.

As empresas, de forma crescente, têm adquirido mais conhecimento sobre as atribuições do conceito e as maneiras como ele pode transformar completamente um negócio - e para melhor. As fontes de dados tradicionais, realmente, não têm conseguido atender às demandas cada vez mais sofisticadas das organizações, inclusive no que diz respeito às grandes oportunidades potenciais de mercado. Assim, o Big Data se insere como palavra de ordem no atual e futuro contexto empresarial - empreendedores de todo o mundo estão gradualmente se conscientizando em relação ao impacto significativo do conceito em suas operações cotidianas.

E você, vai ficar de fora dos benefícios trazidos pela ferramenta mais promissora do futuro?

Big Data: saiba quais são os novos rumos
Compartilhe isso