/ dados

Saiba como a análise de dados pode melhorar a experiência do seu consumidor

O sucesso nos negócios neste século será marcado por uma característica em comum entre as empresas: sua capacidade de analisar grandes volumes de dados. Independente do mercado no qual as organizações estão inseridas ou os produtos que vendem, com o acúmulo de informações e a ligação cada vez mais imprescindível com a web, dominar o Big Data será - e já é - uma importante vantagem competitiva.

Desta forma, não há razão para esperar mais tempo para ir em busca de maneiras que agreguem os benefícios do Big Data ao seu negócio. Atualmente, a análise destes dados tem se revertido no aumento das vendas e no engajamento com clientes por permitir que suas soluções estejam crescentemente alinhadas com o perfil do seu usuário. Diante deste cenário, iremos abordar, nos próximos parágrafos, de que maneiras a análise de dados pode melhorar - e muito - a experiência do seu consumidor. Acompanhe!

Uma nova análise de dados

Entender a importância da análise de dados ainda é uma tarefa difícil para muitos gestores. O acúmulo de informações ainda tem gerado muito confusão quando trata-se de criar soluções a partir deste volume de dados.
Felizmente, a evolução do Big Data nos últimos anos tem apontado para um futuro em que ferramentas farão o trabalho difícil, entregando relatórios capazes de guiar o plano de ação de uma empresa, da definição dos seus produtos até o estabelecimento dos preços. Caberá ao gestor reconhecer o que é mais importante para o sucesso da empresa.

Entendendo o comportamento do usuário

A análise de dados dentro da sua empresa pode revelar a maneira como seu consumidor se comporta. Esta informação vai muito além da busca por entender quanto ele está gastando ou que tipo de produto prefere, relacionando ainda sua capacidade de criar produtos e experiências que façam o consumidor gastar mais.

Um exemplo prático do uso de Big Data para melhorar a experiência dos seus clientes está na maneira como você disponibiliza sua tela de pagamento. Muitos sites oferecem apenas uma opção para o check-out do pedido, porém, com as altas taxas de abandono de carrinho, faz muito mais sentido preparar uma tela de acordo com o comportamento do usuário. Desta forma, é possível destacar as escolhas mais comuns e preferências de cada cliente, como métodos de entrega e forma de pagamento.

Vale ressaltar que, para que a análise de dados seja efetiva, é fundamental estabelecer métricas comparativas. Prosseguindo com o exemplo acima, em que o gestor otimizou sua tela de vendas de acordo com as preferências de cada usuário, é necessário mensurar os dados e responder a pergunta: após o uso de Big Data, as conversões aumentaram ou diminuíram? Não acompanhar os resultados é um dos principiais erros entre gestores que acreditam que a análise de dados irá, sozinha, resolver todos os problemas do negócio. As informações são valiosas e são a ferramenta do futuro, mas é importante ter em mente que adotar indicadores de desempenho é medida crucial!

Comece pequeno

Apesar dos benefícios da análise de dados, não é indicado que você comece aplicando-a em todas as áreas da sua empresa. Mesmo com bons resultados, esta mudança repentina pode provocar um choque de cultura dentro da sua equipe. Assim, isole um problema e crie uma solução com Big data. Meça as melhorias e aumente a base de testes. Aos poucos, após os primeiros impactos da metodologia, expanda para toda a empresa. Em qualquer caso, o essencial é contar com os serviços de uma empresa especializada que domine esta inovação e saiba aplicá-la da forma mais vantajosa no seu negócio.

Ainda que pareça um tanto complexa, a análise de dados é uma solução eficaz para manter sua empresa competitiva e à frente da concorrência. Se você está buscando ajuda para começar, entre em contato conosco. A BIPBOP está aberta para direcionar sua empresa para o que há de mais inovador e eficiente no mercado!

Saiba como a análise de dados pode melhorar a experiência do seu consumidor
Compartilhe isso